segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Debate da BAND: Governar sem subserviência é o lema de Hilton Coelho

“Para nós ficou evidente a homogeneização das quatro candidaturas”. A definição do debate é de Hilton Coelho (Psol), que reiterou após o debate que não pretende ter a relação subserviente com os governos federal e estadual. "Gestor tem que ser a liderança do seu povo e governar Salvador com consciência dos seus problemas", frisou Coelho.
Blog de Samuel Celestino 01/08/2008 00:02:10

Um comentário:

elane disse...

mesmo estando a milhas de distância, acompanho com alegria a emergência de uma nova candidatura na capital baiana, especialmente, por nos apontar um novo rumo em direcão a novos tempos. o tempo passado insiste em sobreviver não obstante aos vexames políticos, sociais e morais que tanto entorpecem o olhar humano. Mas, felizmente, somos filhos do tempo, e ele sob o tom da amoralidade política há de passar, fazendo desabrochar das entranhas do processo de construcão social um lugar onde as diferêncas e as liberdades sejam respeitadas, e que tudo de bom seja o termômetro de um novo tempo. Somos atemporais, passamos por ele,o tempo,sempre permeados por novas vontades, como se fossemos um ponto numa espiral cujo fim é sem fim, ascendendo sempre para o cume, sem nos atermos de forma definitiva a detalhes, mesmo que sejam fundamentais. Por sermos, então, dialógicos é que compreendendo às posturas emblemadas por novos desejos politicos do candidato Hiltom Coelho, e o parabenizo por isso, pela sua história, sempre apostando no melhor e se deixando conduzir por reflexões enlacadas pela indispensável autocrítica. Que os ventos nos conduzam para tempos mais profícuos, onde a próxima geracão possa ter um riso de vaidade por morar em um canto do planeta de forma digna e nao trazer na face um riso de escarnio. (perdao pela falta de cedilha, o computador esta doidinho).
elane, Acre